07/12/2014 - Por Notícias

Anitta e Pitty: sobrou rivalidade, faltou sororidade

Nos últimos dias, a Internet foi invadida por manchetes da discussão entre Pitty e Anittta sobre feminismo no programa Altas Horas. De ‘treta‘ à ‘batalha das poderosas‘, o maniqueísmo venceu: argumentos baseados na bipolaridade do bem de do mal, do Team Pitty e do Team Anitta pipocaram mesmo entre coletivos feministas.

Captura de tela 2014-12-07 às 13.46.21

 

Captura de tela 2014-12-07 às 14.33.52

Para quem se denomina feminista e passou por um processo de desconstrução, ver mulheres reproduzindo um discurso machista pode parecer um absurdo. No entanto, é preciso lembrar de dois fatores muito importantes intrínssecos ao movimento: empatia e sororidade. Dessa maneira, glorificar Pitty dizendo que ela destruiu Anitta é perpetuar a competição, a rivalidade que a sociedade impõe a nós, mulheres.

Por que Anitta não merece nossa empatia, nossa sororidade? Ela também sofre as consequências de ser mulher e está em desconstrução. Por que é sempre preciso ter dois lados opostos e rivais em uma discussão? No que se refere ao feminismo, discussões são extremamente poderosas, pois fazem com que mulheres cresçam e se desconstruam juntas. Não somos rivais, somos irmãs mesmo com opiniões e vivências diferentes.

No Twitter, a cantora Pitty reforçou que não se tratou de uma briga, mas sim de uma conversa, um debate e ainda chamou Anitta para trocar uma ideia. Sororidade é isso, é muito bonito.

Captura de tela 2014-12-07 às 14.35.52

Quando mulheres brigam entre si, o patriarcado agradece. Pratiquemos a desconstrução, sempre.

 

 

Tags:, , , ,

Comentários