Foi macumba dela

Meu namorado e eu estamos fazendo faculdade. Ano passado, ele se inscreveu no projeto Ciência sem Fronteiras, pra tentar estudar 1 ano no exterior. Obviamente, eu dei todo o apoio pra ele concorrer a vaga e conseguir estudar fora. Mas foi ai que as brincadeirinhas começaram. Começou com aquela brincadeirinha boba, de amigos, parentes e conhecidos. “Você vai deixar ele ir???”, “Vai ficar 1 ano fora, sera que você vai aguentar??”, “Iih, vai fazer macumba pra ele não viajar!”, “Olha lá hein, vai te trocar por alguma americana!”, entre variações.

No inicio, eu não liguei muito, mas ultimamente isso começou a me perturbar bastante. Pq eu tenho que ter o papel da mulher descontrolada, insana, que não consegue se ver sem o seu homem, a ponto de fazer macumba,   magia,pacto (seja lá o que for) pra impedir a viagem de um cara? Pq eu tenho que fazer o papel da mulher descontrolada, ciumenta e com medo dele me trocar por outra?

Enfim. Devido a motivos burocráticos, meu namorado se viu impossibilitado de ganhar uma vaga, e postou sua frustração com a perda da mesma no facebook. E ai as piadinhas voltaram. “FOI MACUMBA DELA!”, “FULANA QUE TÁ FELIZ!”, com uns 10 ou mais likes em cada gracinha. Já tomada pela raiva, respondi as gracinhas da forma mais educada que podia, deixando claro que eu não tenho a intenção de prender ninguém, e que se meu namorado fosse, eu daria todo o apoio, afinal, eu sei que seria melhor pra ele, e que se ele acabasse gostando de outra pessoa por lá, é direito dele, da mesma forma que eu poderia gostar de alguém por aqui. A única coisa que eu exigiria seria ele me explicar a situação, e que não houvesse nenhum engodo entre nós. Na mesma hora, alguns brincalhões perderam o rebolado, e tentaram esboçar vários pedidos de “desculpa, não era a minha intenção parecer isso”, ou então calaram-se e não comentaram mais nada, ao passo que outros, talvez mais babacas e machistas que outros, quando viram seu “território” atacado, começaram a reagir da única maneira conhecida: com o deboche. Começaram a me perguntar se eu estava estressada, dizendo que a culpa era da TPM, e um inclusive,um deles teve a audácia de me perguntar se eu queria uma bananada, “pra acalmar os nervos”.

Quando eu comentei o ocorrido com meu namorado, a resposta foi: você sabe que a gente vive numa sociedade machista. Sabe que esse tipo de brincadeirinhas sempre vão acontecer. Não se preocupe, que se eu ver alguém brincando assim de novo, vou cortar logo as asas. Só te falo pra se acalmar, pois esse machismo esta tão entranhado, que muitas vezes nem percebemos. Pois é. E essa é a verdade. Esse machismo esta tão, mas tão entranhado em nossa sociedade, que só percebemos através dessas brincadeiras “inofensivas” o quanto. E quando você mostra a elas esse machismo oculto, há duas reações. Ou a vergonha, como no caso de alguns, ou a confirmação de que para outros, nós seremos sempre motivo de chacota. Ainda temos muito caminho pela frente até exterminar essa erva daninha.


Você tá muito estressada, quer uma bananada?

Tags:, , , ,

Comentários