11/09/2015 - Por Referências

Dicas para masturbação feminina

Masturbação já é um tema um pouco polêmico, gente dizendo que é pecado, outros que é sujo, e ainda há quem diga que faz você gostar menos de sexo. Masturbação feminina, então, nem se fala. Queremos deixar claro que, embora esse texto seja focado para meninas adolescentes para simplificar, as dicas servem para todas as pessoas com vaginas que estão se descobrindo e explorando o próprio corpo. Também entendemos que nem todas as mulheres têm vagina, mas vamos limitar esse guia para técnicas que estimulem essa área, já que são as menos discutidas na educação sexual brasileira. Algumas dicas sobre penetração e higiene, porém, podem ser aproveitadas por pessoas com pênis também!

Muitas meninas têm vergonha de se masturbar, não sabem direito por onde começar, e acham que isso “não é coisa de mulher”. Pois eu garanto que é normal mulher se masturbar, e não deveríamos ter vergonha de falar sobre o assunto – entender e aceitar a própria sexualidade envolve também não ter medo nem nojo do próprio corpo, e saber como conseguir prazer sem depender dos outros (até para poder dar um toque para a pessoa com que você for transar e tornar tudo mais prazeroso para os envolvidos). Infelizmente muitas mulheres ainda não entendem isso, já que os números mostram que 40% das brasileiras não tem esse costume. Mas a ideia é mudar isso.

Para quem nunca tentou ou não está gostando do jeito que está fazendo, segue algumas dicas.

Dica 1 – Privacidade!

Claro que tem gente que curte se masturbar em lugares públicos, mas, principalmente para quem está começando, é legal garantir que você não vai ser interrompida. O quarto geralmente é a solução (à noite, antes de dormir costuma ser o favorito, já que geralmente dá sono depois de um orgasmo), mas tem gente que se masturba também no banheiro, durante o banho! Fica ao seu critério, só encontre um canto seu para poder seguir a regra número 2.

Dica 2 – Relaxe e comece devagar!

Tem guia na internet dizendo que dá para você colocar velas, música ambiente, preparar-se toda. Na vida real, mal conheço pessoas que sabem onde estão as velas de casa. O importante não é tanto o ambiente, mas o seu estado de relaxamento – fique calma, não é uma prova.

Você pode tentar em várias posições também – deitada de costas, de lado, sentada na beirada da cama, fique a vontade para ver onde fica mais confortável e não tenha medo de tentar posições diferentes. Toda a ideia aqui é experimentar e descobrir o que você gosta.

Depois, comece devagar! Pense em coisas que te excitam ou use uma ajuda extra – vídeos (mulher assiste pornô sim), histórias escritas, fotos de gente bonita, o que for. Comece se tocando devagar, sem pressa – explore outras partes do seu corpo, não precisa – nem deve – ficar só na região da vagina. Você pode começar sobre as roupas e depois tirar – não existe um jeito certo de fazer, o importante é sentir prazer. Nunca vá enfiando a mão na vagina antes de estar excitada – se tentar inserir um dedo ou esfregar o clitóris com muita força, sem estar lubrificada, vai doer.

Dica 3 – Clitóris!!!!!

Esse ganha vários pontos de interrogação. Se você estiver se masturbando e tentar enfiar vários dedos direto na vagina, não vai sentir muita coisa. A graça toda está no clitóris – é um botãozinho na parte de cima da vagina, onde os pequenos lábios formam um “V”. Pessoas com vaginas sentem bastante prazer nessa região.

ilustracao-vagina-clitoris

Fazer massagem no clitóris é a melhor coisa na hora da masturbação. Experimente, explore outras áreas da região – explore seus lábios -, e não tenha pressa para tentar penetração.

Dica 4 – Penetração!

Claro que usar os dedos para se penetrar pode ser uma maneira legal de se masturbar. Mas a verdade é que a grande maioria das pessoas com vagina nunca vai chegar ao orgasmo só com penetração – então muita gente não acha muita graça em enfiar o dedo na vagina. Penetração com os dedos somada a estimulação do clitóris geralmente é muito mais prazerosa, então você pode tentar isso, mas não existe problema nenhum em só se masturbar estimulando o clitóris.

Se você é virgem, provavelmente não vai conseguir enfiar muitos dedos também – normal, não se preocupe. Não tente forçar porque acha que é o certo – use quantos dedos você sentir que é confortável (nem que isso seja nenhum), e não se machuque. Você pode usar lubrificantes para dar uma ajuda também, além de comprar vibradores para dar um estímulo extra (eu não tenho um, mas quem tem jura que é incrível).

Se você decidir usar os seus dedos, tente encontrar o famoso Ponto G. É só fazer o movimento de “vem cá” com o dedo. A textura dele é parecida com a paleta da boca. Por ser perto da bexiga, talvez você tenha vontade de fazer xixi ao estimulá-lo – a melhor coisa para evitar isso é ir ao banheiro antes de se masturbar!

g-spot-01

PS: se usar algum brinquedo, sempre coloque camisinha nele! Mesmo se você faz higienizarão dos objetos não tem como garantir que ele está 100% limpo e você pode acabar pegando alguma infecção. Melhor prevenir do que remediar.

PS2: lubrificantes podem ajudar a tornar a experiência mais confortável, mas não é algo obrigatório, exceto em um caso. Se a penetração for anal, você vai precisar sim de lubrificante. O ânus não tem lubrificação natural como a vagina tem e tentar forçar coisas lá dentro sem ajuda vai te machucar.

Dica 5 – Orgasmos

Existe uma triste verdade nesse mundo: nem sempre você vai chegar ao orgasmo e, mesmo que chegue, talvez ele não seja tão bom assim. Existem muitos fatores envolvidos – às vezes você não tá tão no clima, está estressada com outras coisas, sua mão fica cansada, ou você está cansada demais e dorme antes de chegar a algum lugar. Não tem problema, a vida segue, e nada impede de tentar de novo.

Dica 6 – Saúde

É muito importante higiene antes e depois da masturbação, para garantir que você não ter infecções e inflamações. Além disso, não é normal sentir dor – se estiver doendo muito, ou você tiver com feridas que não sumam espontaneamente em menos de 24 horas, procure um médico!

 

Bem, essas são nossas dicas básicas! Você tem alguma outra dica que acha legal dividir? Ou ficou com alguma dúvida? Manda pra gente!

Tags:,

Comentários