30/05/2017 - Por Referências

Leitura obrigatória: 7 escritoras que você precisa ler!

Como sabemos, o mundo da literatura também é um mundo predominado por homens (brancos) e as obras de escritoras fantásticas acabam sendo desmerecidas e/ou não valorizadas. Para ajudar a mudar esse cenário, fizemos uma lista de mulheres com obras que precisam ser lidas! São 7 autoras, começando agora em junho dá para ler uma autora por mês até o ano acabar, que tal?

Simone de Beauvoir

Clássica! Beauvoir foi uma das pioneiras a questionar o conceito de gênero, argumentando que seria uma construção social e cultural e não uma imposição biológica. É uma autora muito reconhecida e muito citada nos estudos de gênero e possui obras importantíssimas e atemporais como “O Segundo Sexo”. Muitos pensam que a autora escreveu apenas sobre as questões de gênero, porém o currículo dela também conta com romances como “A convidada”, “Memórias de uma moça bem-comportada” e “A cerimônia do adeus”.

Chimamanda Ngozi Adiche

Chimamanda é uma autora nigeriana que teve sua obra traduzida para 31 idiomas e um trecho de um discurso (que acabou se tornando um livro) musicado pela cantora Beyoncé. Entre as obras da cantora estão os romances “Hibisco Roxo”, “Americanah” e “Meio sol amarelo”. Em seus romances a autora faz questão de mostrar a realidade do seu país, mostrando para o mundo que a Nigéria existe. Chimamanda recentemente lançou um livro/manifesto chamado “Como educar crianças feministas” e a leitura (tanto deste quanto de todos os outros” vale muito a pena.

Cora Coralina

Uma das poetisas mais famosas do Brasil, Cora Coralina faleceu aos 95 anos de idade em 1985. Uma curiosidade sobre a vida da autora é que seu primeiro livro foi publicado somente depois de ficar viúva, com pouco menos de 76 anos. Sua obra conta com livros de poesia, livros de receitas (Cora Coralina adorava fazer doces) e literatura infantil e juvenil. Alguns dos trabalhos mais importantes de Cora Coralina são “Vintém de cobre”, “Estórias da Casa Velha da Ponte” e “Poemas dos Becos de Goiás e Estórias Mais”.

Margaret Atwood

Margaret Atwood é uma escritora canadense nascida em 1939. Começou a escrever aos 16 anos e se formou na Universidade de Toronto, cursando artes, inglês, filosofia e francês. A autora já ganhou diversos prêmios literários e em 2001 passou a fazer parte da Calçada da Fama do Canadá. Entre as suas principais obras estão “A mulher comestível”, “O conto de aia”, “Oryx e Crake” e “Alias Grace”. Alias Grace acabou de ser adaptado para uma minissérie de 6 episódios que será produzida pela Netflix e deve estrear ainda este ano.

Clarice Lispector

Clarice Lispector dispensa apresentações. Nascida na Ucrânia e naturalizada brasileira, Clarice contribuiu imensamente para a literatura do país e é considerada uma das escritoras brasileiras mais importantes do século XX. Não é raro nos depararmos com diversas frases de sua obra circulando pela internet. Algumas pessoas entram em contato com as obras da autora quando estão no ensino médio e aí (é claro) se apaixonam. Algumas de suas obras mais famosas são “A hora da estrela”, “Perto do coração selvagem”, “Água viva” e “Felicidade clandestina”.

Carolina Maria de Jesus

Escritora negra e brasileira, sua obra foi traduzida para 13 idiomas. A autora é considerada uma das primeiras e a mais importante escritora negra do Brasil. Carolina nasceu no interior de Minas Gerais e era filha de pais analfabetos. Era catadora de lixo, morava em uma favela de São Paulo e usava os cadernos que encontrava para escrever. Seus livros falam sobre a pobreza, miséria e desigualdade. Entre suas obras de mais expressão estão “O quarto de despejo”, “Pedaços da Fome” e “Casa de Alvenaria”.

Alice Walker

Alice Walker é uma escritora negra americana e ativista feminista. Alice perdeu a visão de um dos olhos em um acidente aos 8 anos de idade, porém isso nada impediu a autora de escrever com maestria. Conquistou diversas bolsas escolares e se formou em artes em 1965. A obra mais famosa da autora é “A cor púrpura”, que ganhou o prêmio Pulitzer de ficção e foi adaptado para o cinema pelo diretor Steven Spielberg. Outras obras importantes da autora são “O templo de meus familiares”, “Vivendo pela palavra” e “Rompendo o silêncio”.

Se você quiser enviar mais alguma sugestão de escritoras/livros para gente, é só mandar por e-mail para contato@naoaguentoquando.com.br. Ah, e os livros que estão com hiperlink foram todos que encontramos para venda online e são os que estão com os melhores preços. Espero que gostem da leitura! =)

Tags:, , ,

Comentários