9 motivos para se dizer feminista (parte 2)

Hoje, continuamos com a resposta ao entristecedor artigo “27 razões porque ser feminista não é para todo mundo”, com o objetivo de mostrar como o feminismo é sim para todo mundo. Clique aqui para ler a primeira parte da lista.

 

10. Eu não preciso do feminismo porque eu sei que é possível colocar a si mesma em situações de “risco de estupro”

11. Eu não preciso do feminismo porque a cultura do estupro é um mito

gif8

Eu preciso do feminismo porque, infelizmente, vivemos numa sociedade que considera outros fatores que não o crime em si para justificar sua ocorrência. Os dois argumentos anteriores se contradizem, uma vez que é dito que é possível que a própria vítima “cause” sua agressão e, logo em seguida, diz-se que a cultura do estupro é um mito. Cultura do estupro é acreditar que existem situações de risco de estupro nas quais a própria vítima pode se colocar. Seja ela a roupa que usa, os lugares por onde anda, a quantidade de bebida que tomou, um comportamento dito atrativo para agressores, entre muitos outros motivos. Aqui no Brasil, trajes “insinuantes” que mulheres usam podem causar violência, para 4 em cada dez jovens brasileiros – de 18 a 29 anos. Isso é feito para justificar a agressão, desconsiderando a atitude do agressor, que é o único culpado e responsável por ela. A única coisa que pode impedir um estupro de acontecer é a falta de intenção de estuprar.

12. Eu não preciso do feminismo porque não acredito em slut shaming. Acredito na liberdade de expressão. Uma pessoa tem o direito de chamar você de vadia por dormir com muitas pessoas e também tem o direito de achar que você é incrível por dormir com muitas pessoas.

gif12

Eu preciso do feminismo porque tenho o direito de expressar minha sexualidade livremente sem ser submetida a agressões morais de outras pessoas. O corpo é meu, as regras também. Ninguém tem o direito sobre minha vida, além de mim mesma. O termo “vadia” foi construído socialmente, para que as mulheres fossem limitadas a se comportarem dentro de um padrão e de uma norma estipulada pelo sistema patriarcal. Quem se liberta dessas normas e não as obedece, é subjugada e marginalizada dentro da sociedade, por meio desses tipos de ofensas e julgamentos.

13. Eu não preciso do feminismo porque ele parece ignorar mulheres trans*.

gif6

Eu preciso do feminismo porque ele existe para acabar com as opressões sofridas por todas as mulheres, inclusive as mulheres trans*. Existe o transfeminismo, uma vertente do feminismo cujo principal foco é a lutra de mulheres trans*. É importante entendermos que elas pertencem também a outro grupo de oprimid@s, que é o de pessoas transexuais. Esse grupo sofre outros tipos de opressão de um sistema cissexista (que favorece e privilegia pessoas cissexuais = que se identificam com o gênero que lhes foi imposto desde o nascimento) e transfóbico (que repudia e diminui pessoas trans*). O feminismo luta pela igualdade e pelo empoderamento de toda e qualquer mulher. O que se diz feminismo e exclui as demandas de mulheres trans* de suas pautas não é feminismo de verdade.

14. Eu não preciso de feminismo porque eu não tenho complexo de vítima.

gif17

Eu preciso do feminismo porque reconheço que, historicamente, a muher foi e ainda é diminuída e violada na sociedade pelo fato de ser mulher. Para quem acha que isso tudo ficou no passado, aqui mesmo no Brasil, mulheres ganham um sálario em média 28% menor do que o dos homens. Em 2011, a cada cinco minutos, duas mulheres eram agredidas violentamente no Brasil. O feminismo não torna as mulheres vítimas. Ele existe para que não sejamos mais.

15. Eu não preciso do feminismo porque eu tenho capacidade de pensar de forma crítica por mim mesma e não preciso de outras mulheres me representando.

gif13

(Realmente, percebemos pelo restante do artigo como tal forma crítica de pensar lhe rende “ótimos” argumentos, mas enfim…)

Eu preciso do feminismo porque seu principal objetivo é trazer consciência e voz para todas as mulheres. Enquanto todas não formos livres, nenhuma será de verdade. Precisamos de mulheres que representem os interesses gerais, para que, um dia, não só eu, mas minhas amigas, minhas irmãs e minhas companheiras se libertem também.

16. Eu não preciso do feminismo porque ele cria a imagem das mulheres como criaturinhas fracas que precisam ser salvas e de proteção governamental.

gif7

Eu preciso do feminismo porque ele me fez confiar na força a capacidade das mulheres. Sem o feminismo, nos prendemos a papéis de gênero que nos são impostos e assumimos essa imagem de mulheres fracas e que carecem de proteção (dos homens, claro). O feminismo faz com que eu acredite em mim mesma e que nós mulheres somos nossas próprias heroínas.

17. Eu não preciso de feminismo porque sou humanista.

gif11

Eu preciso do feminismo porque a humanidade não é igualitária e nem todas as pessoas se privilegiam dessa tal “igualdade humanista” da mesma maneira. É por meio da luta feminista que conseguimos corrigir as desigualdades de gênero ENTRE os seres humanos. E também porque dizer que prefere o termo “humanista” ao “feminista” é uma forma de tentar substituir e deslegitimar a opressão vivida pela mulher, considerando que todos são oprimidos da mesma forma.

18. Eu não preciso de feminismo porque eu percebo que homens têm problemas também.

gif19

Eu preciso do feminismo para entender que o machismo, como um sistema, afeta todos que estão nele inseridos. No entanto, é incomparável o tipo e a intensidade de opressões sofridas pelo homem e pela mulher. É claro que também são impostos aos homens padrões de comportamento machistas (nunca expressar suas emoções e sensibilidade, não parecer frágil, sempre ser “másculo e viril”, etc). Mas esse é um sistema opressor que considera mais digno de respeito e aprovação um homem do que uma mulher.  É preciso entender que a mulher não se beneficia NUNCA desse sistema. O machismo LIMITA mulheres. O machismo CALA mulheres. O machismo ESTUPRA mulheres. O machismo MATA mulheres.

 19. Eu não preciso de feminismo porque ele é feito de um grupo de pessoas preconceituosas e sexistas.

gif14

Eu preciso do feminismo porque estou cansada de viver numa sociedade preconceituosa e sexista.

error

One Reply to “9 motivos para se dizer feminista (parte 2)”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *