11/11/2015 - Por Isabela Taccolini • Reflexões

O mundo é dos homens – de mais jeitos do que você imagina

Toda vez que o assunto Smartphones entra em pauta (e eu estudei Comunicação e depois Sistemas de Informação, então discutimos bastante sobre isso), eu reclamo do tamanho deles. Meu professor de Design, da primeira vez que comentei isso, ficou confuso – sim, as telas estão maiores do que eram antes, mas qual o problema? Não é o ideal, já que […]

16/03/2015 - Por Isabela Taccolini • Reflexões

História e Política

Vamos esclarecer umas coisas, para não começarmos no lado errado: sou de esquerda, votei PSOL no primeiro turno e, no segundo, diante de Aécio Neves e PSDB, me vi obrigada a votar no PT. Também sou jovem, ignorante em muita coisa, mal conheço economia, e grande fã de história. Esse último é importante, porque isso significa que eu amava assistir mil […]

29/10/2014 - Por Gabriela Filippo • Reflexões

O machismo nas eleições

O machismo está presente em todas as esferas sociais que frequentamos diariamente: na faculdade, na escola, nas ruas, na família, na religião, etc. E por ser um sistema universal, não seria na política que ele deixaria de existir. Essas eleições mostraram bem isso, seja em meio aos políticos ou no machismo vindo dos cidadãos – ele esteve presente nesse mês […]

06/10/2014 - Por Isabela Taccolini • Reflexões

A esperança de uma minoria

Meu aniversário de 16 anos foi uma data especial para mim, mal podia esperar – todos os meus amigos eram mais velhos que eu e já tinham a idade, que, por motivos que nem sei explicar, parecia muito mais adulta do que os meus 15 anos. Para mim, parecia simbolizar uma era de independência, um novo momento na minha vida. […]

17/09/2014 - Por Isabela Taccolini • Referências

Manual Descomplicado das Eleições Feministas

Para começar, quero deixar bem claro o quanto acho importante participar das eleições. Assim que fiz 16 anos estava lá, pronta para pegar meu título e começar a votar o quanto antes. Mas, mesmo sabendo o quão importante era participar das eleições e votar de maneira consciente, por muito tempo usei a regra suprema dos brasileiros: vote no menos pior. […]